quarta-feira, 24 de setembro de 2008

"...mundo que gira, dia que fica, noite que vai..."

luzes na escuridão
terra batida...saudade que fica, gente que vai... mundo que gira, dia que fica, noite que vai...
analogias, antagonias, dicotomias...

calçada, chão!
sabedoria...

palavras soltas, tudo
palavras arrumadas, nada.

palavras...mais que gestos.
sorrisos... incompletos.

olhares...diversos.

sentido? desprezível...

amigo, comigo.casa, rua, chuva, nua, lua: lua distante da gente, casa pequena pra gente, rua enorme e apavorante, nua e crua, a verdade que é desconhecida...

cinza, marrom... colorido, não.
vermelho derramado no amarelo, misturando, laranja...
banana com pintas pretas...

escuridão, sem luz.
finito, infinito...vácuo...

entender uma mente que não se prende a mais nada...
compreender a vida que não se sente mais nada...

afinal,
o que são as palavras?

ANALISE-ME

(Júlia Borges - http://jujuborges.blogspot.com/)

4 comentários:

Júlia disse...

Vão achar que sou doida!
É, não sei se estariam errados, não.

Achei seu blog e agora estou lendo um pouco de você, Gleice.

Beijão

gleice disse...

Vai achar que sou doida! rsrs

Leia sim, mas aqui é mais um muro das lamentações do que outra coisa...aos poucos o blog vai ficando mais alegre...é que o mundo gira..

bjos!

bianca malena disse...

Amiga, assim posso chamar-te.não, é? Como disse antes, seus pensamentos, poesias...fala tanto de mim...me descreve.
Beijos!!!!!!!!!!!

gleice disse...

Oi, Bia, claro que pode me chamar de amiga!

Esses pensamentos dessa vez não são meus, são de uma amiga, coloquei o crédito no final, Júlia Borges, ela escreve super bem, dá só uma olhada no blog dela.

Bjos!!