domingo, 15 de agosto de 2010

fita....no cabelo!

"e ela mesma escolheu tomar este caminho de cá, louco e longo, e não o outro, encurtoso".

sim. resolvi tomar este caminho louco e longo. demorou três anos talvez para que eu entendesse finalmente que acabou. desde 2007, qdo criei o blog, até hoje, vários atalhas precisei percorrer, caí em armadilhas criadas por mim mesma, chorei, sorri, acredidei, me decpcionei, aprendi, sonhei. e aos poucos o verde foi ganhando outros tons e outras possibilidades. hj, percebo que este espaço está carregado de uma memória boa de amadurecimento, mas tb de mta tristeza. os post são mto mais lamentos do que alegria.

e por isso, sinto que é preciso recriar a forma de lidar com a dor. outro blog já foi criado, aos amigos irei divulgar quando achar oportuno. postarei aqui o link se algum "seguidor" pedir! (adoraria!, é só deixar o e-mail aqui).

sinto que cheguei ao fim do meu caminho louco para inciar outro. agradeço aos amigos que deixaram recados e quem vez ou outra comentam sobre algum texto ou música que publiquei e que se mostram atenciosos e solidários nessa caminhada que é se conhecer, se aprender.

minha nova forma de lidar com dor mostra-se mais leve, mais alegre até. então, pensei em criar novo espaço de escrita que simbolize também essa nova fase. como cadernos que guardam memórias, mas que uma hora acabam suas folhas e seu objetivo, este blog agora será guardado na gaveta.

tem uma música mto legal que acabo de descobrir e que reflete bem meu espírito hoje. ela fala desse eterno ciclo da vida que é saber perder e sorrir quando as coisas não estão mto bem pro nosso lado...enfim, felizinha. enfim, algum sorriso.

acabou o jogo. "vou baixar a minha trinca e vou sair da mesa".


Passando a vez (anelis assumpçao)

Disperdicei o meu coringa
Eu vou baixar a minha trinca
E vou sair da mesa

Eu vou meter um salto alto
Desfilar na avenida
Pagando de princesa

Eu to passando a vez,
eu to passando a vez,
eu to passando a vez,
é eu to passando a vez.

Minha cerveja esquentou
Minha batata já assou
Cansei dessa conversa

Eu truco, você pede 6
Já vi que não é dessa vez
Que eu vou fazer a festa

Eu to passando a vez,
eu to passando a vez,
é eu to passando a vez,
eu to passando a vez

Se o velete pede o naipe, caiu o reis de paus
Caiu não ficou nada, é a minha última carta
Ta na mão dama de copas, pra virar essa jogada

Eu to passando a vez,
eu to passando a vez,
é eu to passando a vez,
eu to passando a vez

Quem não tem um "A" na manga
Vai tentar uma seguida
Eu já ganhei a lança
Vivendo e aprendendo a jogar
O melhor é se adiantar
Pois quem não blefa dança

Eu to passando a vez...

3 comentários:

Feitopormim disse...

Gostava tanto desse seu blog : )
ele fica nos meus favoritos...
passa o seu novo blog, queria dar uma olhada. Tenho certeza de que gostarei muito dele.
Parabéns pela iniciativa de criar um outro ao invés de desistir.

lilith disse...

oi! que surpresa boa..já tinha dito aqui uma vez para um amigo, que achava que ningúem lia o blog! rs

então, michele (é seu nome, né?), meu novo endereço é:

minhalilith@blogspot.com

passa lá, vamos trocar idéias e experiências.

bjo bjo,

gleice.

Pés descalços disse...

Amiga, quero o endereço do novo blog..sou sua fã!
beijos
Bianca